Em outubro de 2015, a  Escola Israelita Brasileira Salomão Guelmann de Curitiba , a Escola Eliezer Steinbarg Max Nordau do Rio de Janeiro, e o Colégio Israelita Brasileiro de Porto Alegre, formalizaram a  Rede de Escolas Judaicas Pluralistas do Brasil . Essa iniciativa foi construída a partir do simpósio Novas Fronteiras para a Educação Judaica, realizado pelo Eliezer Max em abril de 2013, que durante três dias reuniu no Rio de Janeiro as equipes pedagógicas de diversas escolas judaicas do Brasil. Dois anos mais tarde, o Encontro Nacional de Escolas Judaicas, promovido pela Confederação Israelita do Brasil – CONIB, viabilizou a identificação de afinidades e interesses comuns entre o Eliezer Max e as duas escolas judaicas do Sul do país.

As equipes pedagógicas das três escolas já estão trabalhando fortemente na criação de uma referência curricular comum e na discussão de projetos pedagógicos conjuntos, incluindo formação de professores, elaboração de materiais pedagógicos, intercâmbios, iniciativas colaborativas e estudos de campo para os alunos. Nossa expectativa é potencializar esta parceria, por meio de uma plataforma digital disponível para os membros da Rede de Escolas.

Rede de Escolas Judaicas Pluralistas do Brasil  se inspira na defesa de um judaísmo inclusivo, que sirva de referência para a construção de diálogos e encontros e que fortaleça as nossas escolas com a oferta de uma educação de ainda maior qualidade, possibilitando mais efetividade e relevância à contribuição da comunidade judaica para a sociedade brasileira.

LEIA O MANIFESTO DE FUNDAÇÃO DA REDE DE ESCOLAS JUDAICAS PLURALISTAS DO BRASIL