Publicado em 27.03.2018 - Festas e comemorações - Sem comentários

YOM YERUSHALAIMO Dia de Jerusalém é um feriado nacional que marca a libertação da cidade e sua reunificação após a Guerra dos Seis Dias. O dia é celebrado no 28º dia de Yiar (geralmente da metade de maio até o fim do mês), no dia em que os soldados Israelenses libertaram a parte Oriental da cidade em 1967.

Jerusalém foi uma cidade dividida desde a Guerra da Independência de 1948 até 1967. A parte ocidental estava nas mãos dos Israelenses e a parte oriental – excluindo o enclave no Monte Scopus – estava sob controle do Reino Jordaniano. Depois que a parte oriental da cidade foi libertada, os muros que dividiam a cidade foram destruídos, e três semanas depois o Knesset decretou uma legislação unificando a cidade e estendendo a soberania Israelense sobre a parte oriental. O dia que marca este evento foi decidido um ano depois, para celebrar a unificação da cidade e a ligação do Povo Judeu com Jerusalém ao longo dos tempos.

O Dia de Jerusalém é um dia normal de trabalho exceto para cerimônias oficiais.

YERUSHALAIM ESTÁ ACIMA DE TODAS AS NOSSAS CONTROVÉRSIAS, PORQUE É A CAPITAL DA NAÇÃO. É A CIDADE HISTÓRICA JUDIA; É A CAPITAL DO ESPÍRITO HEBREU; É A CAPITAL DA ETERNIDADE DE ISRAEL. ELA DEVE SER UM EXEMPLO PARA TODO PAÍS E PARA TODO POVO, PORQUE YERUSHALAIM NÃO PERTENCE SOMENTE A ESTE PAÍS, SENÃO A TODO O POVO JUDEU.

DAVID BEN GURION

11 de junho de 1951